ESPECIALIZAÇÃO

Leia artigos científicos sobre

NOVA PESQUISA

Aparelho ortodôntico

Saiba tudo sobre tipos, tratamentos e indicações

Dados chaves

O uso de aparelho ortodôntico aumentou 40% na última década.(1)

Cerca de 40-50% dos pacientes que usam aparelhos hoje em dia tem acima de 30 anos de idade. (1)

É aconselhável levar a criança ao dentista quando ela completar 7 anos. (2)

Existem mais de 10 tipos de aparelho ortodôntico disponíveis no mercado.

Os alinhadores transparentes e o aparelho ortodôntico de porcelana são cada vez mais procurados nos consultórios.

A idade ideal para colocar aparelho é entre 10 - 14 anos de idade.(3)

Cerca de 25-50% das crianças precisam usar aparelho.(3)

O ortodontista é o dentista especializado em aparelho ortodôntico

Como funciona o aparelho ortodôntico?

Os aparelhos ortodônticos são ferramentas usadas para endireitar ou alinhar os dentes tortos, solucionar problemas na mordida, na mastigação e promover um sorriso mais harmônico. Há dois tipos principais de aparelhos que podem ser usados: aparelho móvel e aparelho fixo. No aparelho fixo, os brackets são colados na superfície dos dentes e fixados com fios especiais e com a "borrachinha''. Na consulta de manutenção ortodôntica, o ortodontista ajustará o aparelho para que ele desenvolva o movimento adequado, alinhando, nivelando e modificando a mordida dentária. O aparelho móvel é geralmente utilizado em crianças para corrigir problemas dentários e ósseos e também é utilizado em adultos após o tratamento ortodôntico com aparelho fixo com o objetivo de contenção. Outro tipo de aparelho ortodôntico móvel utilizado em adultos são os alinhadores transparentes, também conhecido para aparelho invisível ou plaquinhas invisíveis.

Como é a colocação do aparelho ortodôntico?

A colocação do aparelho fixo segue várias etapas, que garantem que os brackets irão ficar bem presos e com plena capacidade de mover os dentes. Assim, as etapas são:

1

Polimento dental

É feito uma limpeza ou polimento dental antes da colocação do aparelho para garantir que a superfície dentária está apta a receber o braquete.

2

Bandas e tubos

Dependendo da má oclusão, o ortodontista optará por inserir bandas metálicas nos molares para dar mais suporte ao aparelho ortodôntico. Para tal, é necessário colocar os separadores previamente o qual irão abrir espaço entre os molares e entre os pré-molares e os molares. Na outra sessão, as bandas serão instaladas. Em casos onde a banda não é necessária, tubos serão colados diretamente nos molares.

3

Afastador labial

Seu ortodontista usará um afastador de bochecha para ajudar a manter seus dentes visíveis e secos durante o procedimento.

4

Gel ácido para condicionar a superfície

Pessoas com bulimia consomem alimentos de forma desproporcional e compulsiva (compulsão alimentar) e posteriormente tendem a auto-induzir o vômito.

5

Brackets são colados na superfície dental

Nesta parte do processo, o ortodontista vai posicionar os brackets e colá-los com uma resina especial, própria para aparelho ortodôntico. Após colocados em posição, a resina deve ser fotoativada (com a luz azul para que endureça).

6

Colocação do fio

Após os brackets estarem em posição, o fio é colocado passando pelo centro do bracket.

Todo o processo de colocação dos braquetes nos dentes leva em média 1h. Dependendo de cada caso e de cada profissional, ele/ela pode optar por colocar a parte superior em uma consulta e a inferior em outra.

Andria Vicente Magri

“Ao indicar o tratamento ortodôntico a um paciente, o profissional leva em consideração aspectos como o tipo de má-oclusão, idade do paciente, saúde bucal e hábitos de higienização. Há variados tipos de braquetes e técnicas. Porém, nem todos os pacientes são eletivos ao tratamento ortodôntico. ”

Com que frequência deve-se fazer a manutenção do aparelho ortodôntico?

Uma vez colocado o aparelho, é primordial que visite o seu ortodontista regularmente, conforme a indicação de frequência, para fazer ajustes nos braquetes conforme necessário. Os ajustes se devem ao fato de os dentes se movimentam constantemente. Cada sessão de manutenção é necessária para realizar ajustes tais como trocar a espessura do fio, os elásticos, verificar se tem cáries, fazer dobras no fio se necessário e usar elásticos intermaxilares. Sem controles regulares, os braquetes não podem fazer seu trabalho corretamente para corrigir problemas dentários e, ao invés, podem até piorar o caso inicial.

A movimentação de dentes ocorre entre 3-10 semanas. Em cerca de três semanas ou mais, você poderá começar a notar que seus dentes estão mais “moles” que o normal. Neste ponto, seus dentes estão começando a se mover para o local desejado. No início do tratamento, na fase de alinhamento e nivelamento, observa-se uma grande mudança de posição dentária de uma consulta para a outra. Em fios mais pesados, com outras mecânicas ao longo do tratamento, as mudanças podem ser imperceptíveis ao se olhar no espelho, mas depois de meses, é bem visível. O papel do ortodontista é crucial em guiar o tratamento para o sucesso e ele é o profissional mais preparado para auxiliá-lo na jornada em busca de dentes perfeitos. Alguns ortodontistas agendam o retorno para 15 dias e outros para 30 dias, dependendo de cada caso.

Como funciona a movimentação dos dentes?(4)

Os dentes são ligados ao osso da mandíbula e da maxila através de um tecido conjuntivo denominado ligamento periodontal. Quando é aplicada qualquer força nos dentes, essa força é direcionada para a raíz e para o ligamento periodontal, que transmite para o osso. A movimentação ortodôntica dá-se com forças de pressão e tensão. No osso, o lado que sofre pressão é reabsorvido, enquanto osso é formado no lado de tensão e dá-se a movimentação dentária, que em realidade ocorre de maneira progressiva e lenta.

Tipos de aparelho ortodôntico(5)

Existem diferentes tipos de braquetes que podem ser utilizados, dependendo das necessidades e objetivos do paciente. Naturalmente, o custo, a visibilidade e a forma como são atendidos variam entre estes tipos.

Aparelho ortodôntico de metal

Aparelho ortodôntico de metal

O aparelho ortodôntico de metal são os braquetes tradicionais, de metal, com fios metálicos e com as borrachinhas coloridas. Os braquetes metálicos são a opção mais econômica disponível atualmente e a preferida pelas crianças, pois permitem mudar a cor dos elásticos.

Vantagens

  • Os braquetes de metal são os mais baratos e oferecem a maior resistência.
  • Entre todos os tipos de braquetes, este é o mais comum entre os adolescentes, pois eles podem escolher entre as diferentes cores oferecidas.
  • Outro ponto positivo é que os braquetes de metal têm uma melhor aderência aos dentes, tornando mais difícil de caírem ou se soltarem.

Desvantagens

  • Esteticamente, os braquetes de metal não são os mais favoráveis.
  • Se você for alérgico ao metal, esta não é uma opção para você, que deve optar pelos braquetes transparentes.
Aparelho ortodôntico autoligado:

Aparelho ortodôntico autoligado:

Este tipo de aparelho é muito eficaz nos casos de alinhamento e nivelamento e alguns estudos(6) relatam que ele pode apresentar uma eficácia maior em comparação com o aparelho de metal tradicional. A grande diferença entre eles é que o aparelho ortodôntico autoligado não leva as ligaduras ou elásticos coloridos. Ele pode ser metálico ou transparente.(7)

As principais vantagens desse aparelho em comparação com o tradicional são:

Vantagens

  • Mais estético pois não leva as ligaduras coloridas.
  • Menor número de visitas ao ortodontista pois as consultas podem ter intervalo entre de 8 a 12 semanas.
  • Movimentação maior com menos atrito pois contém menos peças
  • Mais higiênico, com braquetes diferenciados e menores.

Desvantagens

  • A principal desvantagem é o preço em comparação com os braquetes tradicionais.
  • O tipo transparente ainda contém uma porção central metálica
Aparelho ortodôntico fixo estético:

Aparelho ortodôntico fixo estético:

O aparelho ortodôntico transparente pode ser:

  • Aparelho ortodôntico de resina: Apresenta braquetes grandes e é menos resistente que os outros tipos estéticos.
  • Aparelho ortodôntico de porcelana: Esse modelo tem braquetes menores que os de resina e com cor esbranquiçada e leitosa. Em comparação com os de resina, esse não altera a cor com o tempo e é mais resistente.
  • Aparelho ortodôntico de safira Dentre os três modelos esse é o mais estético pois é quase transparente. Contudo, é o mais caro..

Esta opção é mais discreta e tem resultados rápidos. Um grande inconveniente é que eles se sujam mais facilmente, por isso exigem muito cuidado do paciente.

Vantagens

  • Se você está procurando aparelhos estéticos, esta é uma opção a ser considerada.
  • A mecânica utilizada é semelhante a de aparelhos metálicos.

Desvantagens

  • Podem manchar e perder sua propriedade "clara". Isto dependerá do consumo de alimentos ou bebidas com corantes.
  • Entre os diferentes tipos de braquetes, estes são os mais frágeis e mais caros.
Aparelho ortodôntico invisível

Aparelho ortodôntico invisível:

Esse tipo de aparelho ortodôntico vem cada vez mais sendo difundido nos consultórios odontológicos pela alta estética e facilidade de uso.Também conhecido como alinhadores transparentes, Invisalign ou align que são as marcas comerciais desses aparelhos.

Ele funciona alinhando os dentes e corrigindo problemas oclusais com a utilização de plaquinhas transparentes adaptadas aos dentes e removíveis. É um dos aparelhos mais caros e mais estéticos. Cada plaquinha é trocada de 10 a 15 dias.

Você pode estar se perguntando como um aparelho que nada mais é que uma plaquinha pode mover o dente?

O tratamento com esses alinhadores requer pequenos retângulos de resina grudados ao dente para que haja o atrito necessário ao movimento ortodôntico. Ao invés de braquetes colados, há minúsculas porções de resina coladas em alguns dentes específicos.

Esse tipo de aparelho também requer manutenção ortodôntica para acompanhamento, modificação das resinas, uso de elásticos intermaxilares e entrega das placas para uso regular e controlado.

Vantagens

  • Fácil remoção para higienizar.
  • Altamente estético.
  • Totalmente personalizados para seus dentes e objetivos de tratamento.
  • Pode-se usar a tecnologia para ver o andamento do tratamento e ter projeções de como vai ser o resultado final.

Desvantagens

  • O preço do tratamento com esse aparelho é muito mais alto do que os tipos de aparelho mencionados anteriormente.
  • É necessário que o paciente se comprometa com o tratamento, pois é de sua responsabilidade usar os alinhadores nos momentos indicados.
Aparelho ortodôntico lingual

Aparelho ortodôntico lingual

O aparelho ortodôntico lingual é o tipo de braquete colado no lado interno dos dentes, não sendo visível ao sorrir ou abrir a boca.

O braquete é desenvolvido especialmente para cada caso, e o ortodontista cola eles na parte interior, onde a língua encosta nos dentes. Apesar de ser extremamente estético, esse tipo de aparelho traz bastante desvantagens

Vantagens

  • Os braquetes linguísticos são os mais seguros porque são colocados na parte interna dos dentes. Se você praticar esportes de contato como o boxe, eles podem evitar lesões.
  • Extremamente estéticos.

Desvantagens

  • Difícil de higienizar e, principalmente, de usar fio dental.
  • Há bastante chance de quebrar o aparelho com os alimentos, pois os braquetes ficam na parte interna dos dentes.
  • As manutenções são mais demoradas.
Aparelho ortodôntico móvel:

Aparelho ortodôntico móvel:

Os aparelhos móveis são geralmente usados em crianças que estão em fase de crescimento e servem para alinhar os dentes, guardar espaço de dentes de leite que foram perdidos antes do tempo, e ajustar o osso para um correto desenvolvimento maxilar e mandibular.

Outro uso do aparelho móvel é como contenção da arcada superior (dos dentes de cima) após a finalização do tratamento ortodôntico. Até que o osso esteja completamente formado e estabilizado após a remoção do aparelho, é necessário utilizar o aparelho móvel.

Esse aparelho é confeccionado em laboratório, a partir do molde feito pelo dentista para gravar a posição dentária, ou seja, cada aparelho é personalizado para cada paciente. No momento da entrega do aparelho móvel, o ortodontista irá realizar ajustes a fim de adaptar corretamente esse aparelho e evitar danos aos tecidos bucais.

Monte seu aparelho colorido

1o passo: Clique na cor de sua preferência.

2o passo: Clique diretamente em um único dente ou em uma das seções na barra abaixo para aplicar sua cor escolhida.

Escovação e aparelho ortodôntico

Uma vez que você esteja usando aparelho, é fundamental saber como manter um nível ideal de higiene oral para remover os detritos e impurezas nos seus dentes. Será necessário mais dedicação e disciplina de sua parte. Você pode usar uma escova dental com cabeça pequena e cerdas macias ou uma escova de dentes elétrica, juntamente com uma escova interdental ou fio dental comum.

Atenção! Existem peças chamadas passa-fio que auxiliam na inserção do fio dental entre os brackets. Dessa forma, é possível usar fio dental mesmo com o aparelho ortodôntico, garantindo uma limpeza bucal completa e evitando cáries entre os dentes.

Aqui estão algumas dicas sobre como escovar os dentes com aparelho:

Enxágue a boca antes de escovar

Antes de começar a escovar os dentes, recomendamos que você lave a boca com bastante água para remover o máximo possível de detritos que ficam localizados em diferentes partes de seus braquetes e para que a escova faça seu trabalho corretamente.

Escove seus dentes após cada refeição

Você deve escovar os dentes pelo menos 3 vezes ao dia, mas quando você usa aparelho, você deve escovar os dentes após cada refeição ou qualquer alimento que você coma entre as refeições.

É importante que você não pressione a escova de dentes diretamente nos braquetes, pois ela se desgasta rapidamente. Sugerimos que você incline a escova de dentes e limpe a parte superior dos braquetes em um movimento circular e depois a parte inferior. Não se esqueça de escovar a entre o dente e a gengiva e também a língua.

Use fio dental

Uma vez concluído o processo de escovação, é importante acessar as áreas mais difíceis, tais como entre os dentes. Use fio dental para remover detritos que a escova não consegue alcançar e, idealmente, um irrigador bucal que injeta doses pressurizadoras de água para completar o processo de limpeza dos dentes.

Use enxaguante bucal

Por fim, utilize enxaguante bucal após cada escovação para garantir um ph bucal neutro e a completa remoção da placa bacteriana.

O que fazer e o que não fazer

O que fazer

  • Se você tiver terceiros molares (sisos) mal posicionados ou que podem vir a afetar a posição dos outros dentes, seu dentista poderá indicar a remoção dos mesmos.
  • Uma documentação com raio x e fotos é necessária antes de iniciar o tratamento ortodôntico para verificação de problemas dentais
  • Não é aconselhável fazer tratamentos cosméticos como o clareamento dental antes de colocar o aparelho. Os resultados não seriam muito perceptíveis
  • Utilizar as ceras ortodônticas nos lugares onde o aparelho ortodôntico incomodar ou machucar

O que não fazer

  • Evite comer alimentos duros enquanto você tiver aparelho, pois estes podem se deslocar ou quebrar e atrasar consideravelmente o tratamento.
  • É melhor não praticar esportes de contato, como boxe ou karatê. Desta forma, você pode evitar ferimentos nas suas gengivas ou seus lábios. Se os fizer, que use proteção dentária.
  • Deve-se reduzir o consumo de alimentos com muito corante. Estes podem não apenas manchar seus dentes, mas também os braquetes.
  • Limitar o consumo de bebidas quentes ou frias. É normal ter dentes sensíveis após a remoção do aparelho. Portanto, evite este desconforto e dê preferência a bebidas à temperatura ambiente.

Aparelhos para crianças e adultos

Como você sabe se seu filho precisa usar aparelho?

Não é fácil descobrir por si mesmo se seu filho precisa de aparelho. É por isso que os ortodontistas recomendam que quando seu filho fizer 7 anos de idade, que você o leve ao dentista para uma revisão quanto a saúde bucal, posicionamento dentário e crescimento ósseo. Além do mais, o dentista irá averiguar problemas relacionados a:

  • Maxilar superior ou inferior protuberante
  • Respiração bucal
  • Desalinhamento dental
  • Sucção constante do polegar
  • Espaço disponível para a troca de dentes

Estes hábitos levam ao desenvolvimento de dentes mau posicionados, que no futuro podem causar outros problemas de saúde, como gengivite ou periodontite, principalmente quando os dentes não são limpos adequadamente devido à sua posição. Também, podem levar a problemas de crescimento ósseo. Quanto mais cedo forem tratados os problemas ortopédicos, menos tempo a criança necessitará utilizar aparelho no futuro

Por que usar aparelho se você é um adulto?

Andria Vicente Magri

“O tratamento ortodôntico não serve só para estética, mas também para correção de problemas mastigatórios e funcionais. Mesmo quando adulto, pode-se utilizar o aparelho ortodôntico e alcançar resultados incríveis. Há muitos tipos de braquetes e diferentes técnicas para o tratamento ortodôntico e alguns deles extremamente estéticos, ótimos para adultos que não querem ter sorriso metálico”

Alguns dos problemas em que o aparelho ortodôntico pode ajudar:

  • Protrusão ou retrusão maxilar ou mandibular em concomitância com cirurgia ortognática
  • Fechamento de diastemas (espaços entre os dentes)
  • Apinhamento dental (quando os dentes estão muito próximos um do outro ou mesmo em cima um do outro)
  • Mordida aberta, mordida cruzada, mordida profunda
  • Rotação dentária

Vale lembrar que aparelho ortodôntico pode ser usado em qualquer idade. Os modelos mais estéticos geralmente são os de preferência dos adultos e no mercado há muitas opções de técnicas e materiais. Os aparelhos não se destinam apenas a evitar danos futuros da infância, mas também a prevenir e tratar problemas dentários a qualquer momento da vida adulta.

Guia para os primeiros dias

Como evitar ferimentos na boca

Como evitar ferimentos na boca

Nos primeiros dias de uso do aparelho, você pode sentir um leve desconforto na parte interior das bochechas, onde o aparelho tem contato. Para tal, você pode utilizar a cerinha ortodôntica. Basta grudar um pedaço da cera diretamente no aparelho. Outro fator importante é que alguns pacientes sentem como se a boca estivesse inchada, ou maior do que o normal. Todas essas percepções tendem a passarem depois de alguns dias, quando o paciente se habitua com o aparelho.

Controlar a dor nos primeiros dias

Controlar a dor nos primeiros dias

Embora alguns pacientes relatem dor e desconforto nos primeiros dias, isso é variável de pessoa para pessoa. O ortodontista pode prescrever algum analgésico para dor caso esta persista por mais de 4 dias. Em geral, ela dura de 3 a 4 dias.

Limpar bem os dentes

Limpar bem os dentes

Siga as etapas de limpeza dos dentes que lhe ensinamos acima e as indicações do ortodontista. Deve-se manter uma rotina de higiene bucal diária para não desenvolver cárie ou doença periodontal (problemas gengivais) durante o tratamento ortodôntico. Escove seus dentes pelo menos 3 vezes ao dia ou após cada refeição. Você também precisará de escovas interdentais para uma limpeza mais profunda. Atenção redobrada na escovação das crianças com aparelho.

Quanto custa o tratamento ortodôntico?

O custo do aparelho ortodôntico depende do tipo de problema dentário que você tem, tempo de tratamento e o número de visitas que você tem que fazer. Além do mais, o preço do aparelho em si é muito variável pois depende do tipo e da marca que o seu ortodontista irá usar. A maioria dos convênios não cobre o custo do tratamento. Faça sua pesquisa e compare os custos de cada procedimento oferecido pelos melhores ortodontistas.

cost icon

Manutenção de aparelho ortodôntico metálico:

R$100 a R$300 reais mensais

Manutenção de aparelhos ortodôntico de porcelana:

R$200 a R$ 400 reais mensais

Aparelho ortodôntico lingual:

R$ 300 a R$ 950 reais mensais

+ valor do aparelho R$2.000,00 a R$15.000,00

Custo do tratamento com alinhadores transparentes:

R$3 mil à R$17 mil reais

Duração do tratamento ortodôntico

Após colocado o aparelho inteiro (dentes de cima e dentes de baixo) mais as bandas, as manutenções ou visitas ao ortodontista devem ser periódicas.

O período mínimo de tratamento ortodôntico é de 6 meses mais o tempo de uso do aparelho móvel. O período máximo é muito difícil de determinar por várias variantes como o movimento necessário, a resposta do corpo, a técnica e força aplicada, se haverá extração dentária ou cirurgia ortognática envolvida e o comprometimento do paciente em usar os elásticos e comparecer às consultas.

É muito importante que você cumpra os conselhos de seu ortodontista, tanto no caso de aparelhos ortodônticos como no final do tratamento com o aparelho móvel (quando necessário).

Encontre um ortodontista

Aqui estão os pontos-chave a serem considerados ao escolher um ortodontista para realizar seu tratamento ortodôntico. O especialista deve:

  • Ser especializado em ortodontia.
  • Ter experiência profissional que apóie sua prática clínica
  • Ter protocolos de esterilização para todos os instrumentos odontológicos.
  • Manter um registro ou histórico clínico dos procedimentos realizados.
  • Ter um julgamento crítico para recomendar o melhor tratamento dentário para seus pacientes.
  • Ter excelentes habilidades interpessoais para fazer os pacientes se sentirem confortáveis e à vontade durante o procedimento.
  • Gerar confiança em seus pacientes.
  • Ter precisão e destreza na manipulação de todas as ferramentas ortodônticas
  • Empatia e compreensão dos problemas emocionais que alguns problemas dentários podem gerar em seus pacientes.
  • Respeitar o compromisso de confidencialidade do paciente.

Não se esqueça de verificar os comentários de outros pacientes que já tenham consultado o dentista de sua escolha. Isto lhe dará uma ideia do estilo de trabalho e da experiência que outras pessoas como você tiveram com o dentista. No doctoranytime você encontrará alguns dos melhores profissionais com acesso a todas as informações necessárias para tomar a decisão correta.

Mitos e verdades sobre aparelhos ortodônticos

Mito #1

Os aparelhos são apenas para crianças e jovens.

A verdade

Isto é falso. Os aparelhos não são um tratamento exclusivo para crianças ou adolescentes; qualquer pessoa que queira melhorar seu sorriso ou corrigir problemas oclusais ou na articulação temporomandibular (ATM) pode fazê-lo. É importante ter em mente que este tratamento não só visa melhorar a aparência de seu sorriso, mas pode evitar problemas futuros com suas gengivas e até mesmo com sua mandíbula. Portanto, se você é um adulto e seu dentista lhe recomendar usar aparelho, não hesite em fazê-lo!

Mito #2

Os braquetes de metal são melhores que os de porcelana.

A verdade

Todos os tipos de braquetes têm pontos positivos diferentes, mas todos têm o mesmo propósito, corrigir o problema dentário e estabelecer um sorriso harmônico. Por exemplo, os braquetes metálicos têm melhor durabilidade e resistência, mas os de porcelana são mais estéticos e também tem boas mecânicas. Ambos ajudarão seu sorriso e sua saúde bucal. Portanto, a opção que você escolher irá realmente variar no lado estético e no preço. A partir daí, você pode ter certeza de que qualquer problema dentário pode ser corrigido.

Mito #3

Os dentes podem se mover depois que o aparelho for usado.

A verdade

Sim, seus dentes podem se mover ou parecer frouxos mesmo que você tenha usado aparelho por muito tempo. Isto porque, após a pressão dos braquetes ter sido liberada, seus dentes tentarão voltar à posição original, de antes do tratamento. Para evitar isto, você precisa usar seus retentores pelo tempo que seu ortodontista indicar. Caso contrário, você pode precisar usar o aparelho novamente.

Mito #4

Os braquetes podem manchar meus dentes.

A verdade

Os aparelhos não causam manchas nos dentes. Porém a negligência na correta higiene bucal pode gerar manchas brancas ao redor dos braquetes, cáries ao redor e entre os dentes, e problemas gengivais. A técnica de escovação adequada é necessária para evitar a formação de tártaro ao redor dos braquetes. Além do mais, é recomendado fazer limpeza dental de consultório com mais frequência, de preferência a cada 4-6 meses, dependendo de cada caso.

Mito #5

Eu não preciso ter uma escova especial

A verdade

Para ter um cuidado completo com os dentes é necessário a escova de dentes normal e a escova interdental, que auxilia na escovação onde a escova tradicional não alcança devido ao fio ortodôntico que une os braquetes. É também indicado usar o passa-fio, um dispositivo que auxilia na utilização de fio dental com aparelho ortodôntico fixo. Seu ortodontista pode passar mais detalhes sobre como higienizar seu aparelho ortodôntico de forma correta.

Perguntas frequentes sobre aparelho ortodôntico

A partir de que idade posso colocar aparelho ortodôntico?

A idade a partir da qual se pode iniciar o tratamento com aparelho ortodôntico é de 10 - 14 anos.(3) Durante esse período os dentes já estão erupcionados e ainda há uma boa adaptação óssea. Entretanto, o uso de aparelho não é exclusivamente para crianças ou adolescentes. Se você tiver um problema com a posição de seus dentes ou sua mordida, você pode iniciar este tratamento com a certeza de que ele pode ser resolvido.

Por que meu aparelho não vai até o último dente?

Geralmente as bandas são colocadas nos primeiros molares, tanto superiores quanto inferiores. Se o paciente apresentar problemas nos segundos molares o tratamento pode estender-se até os mesmos. O que vai definir é o tipo de maloclusão, a necessidade de suporte extra, e a quantidade de movimento a ser empregado.

Quando está na hora de tirar o aparelho?

A duração do tratamento com aparelho ortodôntico varia de pessoa para pessoa. A duração média é de 1 a 2 anos no total, mas o tratamento pode variar se problemas periodontais estiverem sendo tratados ao mesmo tempo, se envolver cirurgia ou remoção de dentes. Também, o tempo pode ser prolongado se você perder seus check-ups ou induzir constantemente a queda de braquetes

Para que é utilizada a cera para aparelhos?

O principal objetivo da cera é evitar a formação de ferimentos nos lábios e na parte interior das bochechas Você geralmente a utilizará mais frequentemente nos primeiros meses de tratamento. Lembre-se de certificar-se de que se trata de cera para aparelhos e não do tipo utilizado para fins domésticos. Este último pode ser tóxico e afetá-lo de outras formas.

O que acontece se eu não retirar o aparelho na hora certa?

Se você não retirar o aparelho na hora certa, várias coisas podem acontecer. Primeiro, você é mais propenso ao acúmulo de tártaro e à cárie dentária. Outro, é que alguns tipos de arcos (fio ortodônticos) são feitos para expandir a arcada dentária, então se você ficar por longo período de tempo com eles, pode inclusive alterar a mordida e a posição dental, dentre muitos outros problemas. As consultas regulares com seu ortodontista são a chave para evitar estes problemas.

Que tipos de aparelhos são mais rápidos?

O aparelho ortodôntico autoligável parece ser o mais eficaz se você estiver procurando por um tempo curto de tratamento e os mesmos resultados. Entretanto, seu ortodontista deve examinar quais problemas precisam ser corrigidos e determinar se você é ou não um candidato a aparelho autoligável.

Quando coloca o aparelho dói?

Como tal, os aparelhos não doem. Entretanto, durante os primeiros dias você pode sentir dor ou leve pressão sobre seus dentes durante o período de adaptação. Esta dor desaparecerá com o passar dos dias, à medida que seus dentes se acostumam com a pressão exercida pelos braquetes, movendo para a posição desejada. Se o desconforto persistir, consulte seu ortodontista.

Os aparelhos causam dificuldades de fala?

Nos primeiros dias você pode achar difícil pronunciar algumas palavras, mas isto tende a desaparecer depois do período de adaptação. O aparelho não impedirá que você se expresse naturalmente, leva apenas alguns dias para se acostumar com a sensação de tê-los.

A manutenção ortodôntica é só para trocar a borrachinha?

Durante a manutenção ortodôntica não só as ligaduras são trocadas, mas também é feito a análise do movimento executado, a progressão do tratamento, aplicado mais ou menos força, a troca de fios, dobras nos fios se necessário, recolagem de peças que podem ter se desprendido, e a análise da saúde bucal.

Nota: o termo "médico" é usado por fins de brevidade e objetiva incluir todos os profissionais da saúde.
Referências

1. SPO - Sociedade Paulista de Ortodontia. (2022). Sociedade Paulista de Ortodontia. , http://www.spo.org.br/

2. OLoughlin, T. (2020, August 6). What Percentage of People Need Braces to Straighten Their Teeth? | Dr. Paz Orthodontics. Dr. Mario Paz, DDS Orthodontist

3. Wong Dental. (2016, November 28). Teen Braces: When Should Your Child See an Orthodontist? | Dentist & Orthodontist in Covina, CA. Wong Dental |.

4. Mds, N. R. B., PhD. (2014). Esthetics and Biomechanics in Orthodontics (2nd ed.). Saunders.

5. Aschheim, K. W. (2015). Esthetic Dentistry. Elsevier Gezondheidszorg.

6. Jahanbin, A., Hasanzadeh, N., Khaki, S., & Shafaee, H. (2019). Comparison of self-ligating Damon3 and conventional MBT brackets regarding alignment efficiency and pain experience: A randomized clinical trial. Journal of dental research, dental clinics, dental prospects, 13(4), 281–288. , https://doi.org/10.15171/joddd.2019.043

7. Seladi-Schulman, J., PhD. (2021, March 1). What Are Self-Ligating Braces? Healthline. , https://www.healthline.com/health/dental-and-oral-health/self-ligating-braces

Essa página não contém orientações médicas.
Esta página não contém conteúdo promocional ou anúncios. Leia a política de anúncios aqui.

Este documento é confiável e fundamentado cientificamente. É baseado em estudos médicos oficiais e editado por profissionais de saúde qualificados , mostrando informações objetivas no diagnóstico e tratamento de doenças. Também, inclui referências. Se você é um profissional de saúde e encontrou algum erro ou omissão de informação, contate-nos pelo [email protected]

Obrigado

A sua avaliação pode ajudar muitas pessoas.

Junte-se ao doctoranytime sem custo clicando aqui.

Algo deu errado

Tentar novamente mais tarde

Sua avaliação foi submetida.

Como podemos melhorar?